domingo, 9 de junho de 2013

Top 10 - Seriados que demoraram demais para terminar


Mais uma lista! Agora vou falar sobre algumas séries que, apesar de terem sido boas em alguns (ou muitos) momentos, acabaram decepcionando pois passaram da hora de terminar.

sábado, 8 de junho de 2013

Top 10 - Terror Europeu (2000 a 2010)

Sei que já faz um tempinho que não coloco material novo aqui no blog, e peço desculpas por isso, mas a mudança de residência está fazendo aparecer responsabilidades que eu não tinha antes, e, por isso, estou tendo um tempo bem escasso.

Mesmo assim, sempre que possível, colocarei alguma coisa nova aqui para não deixar esse blog morrer, pois sei que existem pessoas que gostam daqui =)

A lista a seguir é bem pessoal, e sei que tem alguns filmes que farão as pessoas chiarem (principalmente o número 3).


quarta-feira, 22 de maio de 2013

TOP 5 - Abril/2013


Vou fazer uma coisa diferente no TOP 5 desse mês. Como eu postei as análises de praticamente todos os filmes que estariam nos meus preferidos de abril, indicarei 5 bons filmes que assisti no mês e que, mesmo não tendo sido meus preferidos, deixaram uma ótima impressão:



5º Assassino(s) (Assassin(s), 1997) - dir. Mathieu Kassovitz

 
 

terça-feira, 21 de maio de 2013

TOP 10 - Filmes superestimados pela internet (2000-2013)

A partir do ano 2000, o uso da internet cresceu exponencialmente em todas as partes do mundo. Junto com isso veio o acesso das pessoas a um número maior de filmes e também a mania de idolatrar demasiadamente algumas obras.

Os filmes que vou postar nesta lista são os que, a meu ver, foram excessivamente elogiados pela internetnos últimos 13 anos, dando a impressão de serem melhor do que são (e em alguns casos dando a impressão de que são bons, quando isso não é verdade).

Antes de qualquer mensagem de ódio que possa chegar a mim, só quero deixar bem claro que filmes superestimados não são exatamente filmes ruins. O Grande Lebowski (The Big Lebowski, 1999) e Laranja Mecânica (A Clockwork Orange, 1971) são exemplos de filmes que são muito, MAS MUITO superestimados e nem por isso são ruins (ambos inclusive estão entre os meus favoritos). Vamos à lista:

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Black Mirror - 2ª Temporada

 
Depois de ter ficado bem animado com o que a primeira temporada de Black Mirror me apresentou, não demorei para assistir a segunda. A série conseguiu manter o nível dos primeiros episódios, sendo que White Bear conseguiu, na minha opinião, até ser um pouco superior a The Entire History Of You que tinha sido o melhor daquela temporada. Agora basta torcer para que a série volte para uma terceira temporada, pois não é sempre que aparece um seriado tão criativo como Black Mirror. Vamos aguardar e ver o que o futuro nos reserva. 

A seguir, uma breve descrição de cada um dos episódios (sem SPOILERS e até evitando dar muitas dicas do plot):

domingo, 19 de maio de 2013

Análise: Grimm (2003)

Direção: Alex Van Warmerdam
Roteiro: Alex Van Warmerdam, Otakar Votocek
Elenco: Halina Reijn, Jacob Derwig, Carmelo Gómez, Ulises Dumont, Peggy Sandaal, Elvira Mínguez
Duração: 103 minutos
Gênero: Drama / Comédia
Países: Holanda
Idioma: Holandês / Espanhol
Resumo: Uma releitura da fábula de João e Maria, que mostra os irmãos sendo abandonados pelos pais e partindo para a Espanha


E dando continuidade à filmografia de Alex Van Warmerdam, resolvi seguir a lista com Grimm (2003) que na verdade era o primeiro filme que eu queria ver do diretor, principalmente por ter lido que se trata de uma livre adaptação do conto João e Maria. Como em Abel (1986) eu percebi que o trabalho de Warmerdam tem uma grande carga de humor negro, fiquei ainda mais ansioso para ver este do qual vos falo.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Análise: Abel (1986)

Direção: Alex Van Warmerdam
Roteiro: Alex Van Warmerdam, Otakar Volocek, Frans Weisz
Elenco: Alex Van Warmerdam, Henri Garcin, Olga Zuiderhoek, Loes Luca, Annet, Malherbe
Duração: 100 minutos
Gênero: Drama / Comédia
Países: Holanda
Idioma: Holandês
Resumo: Abel tem 31 anos e nunca saiu de casa. Seus pais tentam ajudá-lo a superar essa situação, o que acaba gerando acontecimentos inesperados



Após ver que Alex Van Warmerdam estará competindo no Festival de Cannes, resolvi ir atrás do trabalho do diretor. Conhecer os filmes dele também me ajudarão a conhecer um pouco mais da filmografia da Holanda, pois lembro de ter visto pouquíssimos filmes daquele país. Constatei que Warmerdam já tinha sete filmes no currículo, e com algum esforço consegui encontrar alguns pela internet, e o primeiro que assisti foi Abel, seu filme de estreia.

sábado, 4 de maio de 2013

Black Mirror - 1ª Temporada

Após assistir Kill List (2011), procurei algumas coisas sobre os atores que participaram daquela obra. Achei poucos filmes envolvendo eles, então fui atrás de algumas séries. Uma delas foi Utopia, a qual pretendo comentar em um post futuro, mas já adianto que é muito boa.

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Análise: Terror nas Trevas (...E Tu Vivrai Nel Terrore! L'Aldilà, 1981)


Direção: Lucio Fulci
Roteiro: Dardano Sacchetti, Giorgio Mariuzzo, Lucio Fulci
Elenco: Catriona MacCall, David Warbeck, Cinzia Monreale, Veronica Lazar, Gianpaolo Saccarola
Duração: 87 minutos
Gênero: Terror
Países: Itália
Idioma: Inglês
Resumo: Uma mulher herda um hotel e acaba descobrindo que ele foi construído sobre uma das entradas do inferno



Quando uma pessoa resolve assistir a um filme de terror, ela deve estar preparada para encarar certas coisas que são totalmente avessas à realidade. Assim, não é possível que um cidadão em sã consciência assista, por exemplo, Halloween VI (Halloween: The Curse Of Michael Myers, 1995) e reclame que o filme é ruim porque o Michael Myers ressuscitou mais uma vez, mesmo depois de ser queimado, decapitado, profanado e enterrado. Assim, pelo menos para mim, a experiência de aproveitar tudo que Terror nas Trevas tinha para me oferecer dependia muito do quanto eu estava inclinado a esquecer a realidade. O grande problema é que nem assim fiquei imune à irritação causada por alguns problemas que o filme apresentou.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Análise: Angst (1983)

Direção: Gerald Kargl
Roteiro: Gerald Kargl, Zbigniew Rybczynski
Elenco: Erwin Leder, Silvia Rabenreither, Edith Rosset, Rudolf Götz
Duração: 83 minutos 
Gênero: Drama / Terror
País: Áustria
Idioma: Alemão
Resumo: Após passar quatro anos na cadeia por assassinato, um psicopata é solto e começa a ser dominado pela vontade de matar novamente

Poucos filmes conseguem me perturbar a ponto de me fazer perder o sono. Um que me marcou bastante nesse sentido foi o colombiano PVC-1 (2007), sobre uma mulher que é obrigada a utilizar uma "coleira" de PVC contendo uma bomba. Angst é outro que entra nessa lista, sendo uma das obras mais perturbadoras ao mostrar o que se passa dentro da mente de um assassino.

terça-feira, 30 de abril de 2013

Análise: Possuídos (Bug, 2006)

 
Direção: William Friedkin
Roteiro: Tracy Letts 
Elenco: Michael Shannon, Ashley Judd, Lynn Collins, Harry Connick Jr.   
Duração: 102 minutos    
Gênero: Drama / Ficção Científica   
País: Estados Unidos / Alemanha   
Idioma: Inglês   
Resumo: Ilusão e realidade se confundem em um quarto de um hotel em que um casal descobre uma infestação de insetos.

 



Primeiro filme da parceria entre William Friedkin e Tracy Letts – que escreveu o roteiro e também é responsável pela peça e roteiro de Killer Joe: Matador de Aluguel (Killer Joe, 2011)  –, Possuídos mostra Agnes (Ashley Judd), uma moradora de um quarto de motel que trabalha em um bar e, após uma noite de trabalho, recebe em sua “casa” a amiga R.C. (Lynn Collins) e o desconhecido Peter Evans (Michael Shannon). Após constatar que ele não tem para onde ir, Agnes permite que o estranho passe um tempo com ela. A partir disso, o filme entra em uma atmosfera de paranoia, pois Peter começa a supostamente encontrar insetos em por toda a parte. Isso se amplia, pois o quarto em que Agnes vive, como era de se esperar em um motel, é claustrofóbico, e o diretor consegue mostrar bem esse sentimento ao passar quase todo o tempo do filme dentro desse ambiente. 

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Análise: Febre de Primavera (Chun Feng Chen Zui De Ye Wan, 2009)

Direção: Ye Lou
Roteiro: Feng Mei
Elenco: Jiaqi Jiang, Sicheng Chen, Hao Qin, Wei Wu, Zhuo Tan
Duração: 116 minutos
Gênero: Drama
Países: China / França
Idioma: Mandarim
Resumo: Ao desconfiar que seu marido tem uma amante, Lin Xue coloca um detetive para seguir seus rastros. No entanto, tudo desmorona quando ela descobre que ele está tendo um caso com outro homem


O cineasta Ye Lou foi banido por 5 anos na China, ficando proibido de fazer filmes após seu Palácio de Verão (Yihe Yuan, 2006) fazer alusão aos eventos ocorridos na Praça da Paz Celestial em 1989. Aquele filme foi inclusive escolhido para o Festival de Cannes de 2006, mas foi retirado da competição por ordens do governo chinês. Então, em 2009, Lou fez algo inusitado: conseguiu financiamento com investidores de Hong Kong e França e conseguiu fazer outro filme na China, mesmo ainda banido. O resultado de tal atitude se vê em tela, pois, filmado com uma câmera digital, Febre de Primavera mostra um senso de urgência muito grande, com muitas cenas feitas em becos escuros e locais isolados, e com iluminação precária. O próprio diretor deu uma entrevista ao NY Times dizendo que a todo momento ele temia ser pego pelas autoridades e ter seu equipamento confiscado.

domingo, 28 de abril de 2013

Análise: Dominação (Lost Souls, 2000)

Direção: Janusz Kaminski
Roteiro: Pierce Gardner
Elenco: Winona Ryder, Ben Chaplin, Elias Koteas, John Hurt, Philip Baker Hall
Duração: 97 minutos
Gênero: Terror
Países: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Resumo: Um grupo de católicos acredita que Satã encarnará no corpo de Peter Kelson, e, para tentar ir mais fundo dentro do caso, Maya Larkin se aproxima dele para tentar comprovar suas teorias


Acho que todo mundo que frequenta esse blog (e quem não frequenta também) já ouviu falar da famigerada regra dos 15 anos, que prega que você não deve reassistir nenhum filme que você idolatrava até essa idade, senão você pode descobrir que ele não era tão bom assim. Pois bem, como era de se esperar, eu tenho uma vasta lista de filmes que eu assistia com bastante frequência e adorava, sendo que Dominação era um deles....ERA.

sábado, 27 de abril de 2013

Análise: A Centopeia Humana 2 (The Human Centipede 2: Full Sequence, 2011)


Direção: Tom Six 
Roteiro: Tom Six
Elenco: Laurence R. Harvey, Ashlynn Yennie, Bill Hutchens 
Duração: 88 minutos 
Gênero: Terror 
Países: Estados Unidos 
Idioma: Inglês
Resumo: Inspirado pelo filme A Centopeia Humana, o vigia Martin resolve fazer sua própria versão do experimento, só que desta vez quadruplicando o número de pessoas




Eu poderia passar horas e horas escrevendo sobre a abominação que é A Centopeia Humana 2. No entanto, acho que se eu fizesse um post com um milhão de palavras, ainda não seria suficiente para mostrar porque vocês devem ficar longe desse filme. Já é bom começar dizendo que se você quiser manter sua sanidade intacta, já há um bom motivo para não chegar perto desta obra. 

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Análise: A Casa (La Casa Muda, 2010)

Direção: Gustavo Hernández
Roteiro: Oscar Estévez
Elenco: Florencia Colucci, Abel Tripaldi, Gustavo Alonso
Duração: 86 minutos
Gênero: Terror
Países: Uruguai
Idioma: Espanhol
Resumo: Acompanhamos em tempo real o drama de Laura, que fica presa dentro de uma casa abandonada



Muito barulho se fez por A Casa após sua exibição nas mostras paralelas do Festival de Cannes de 2010. Dizia-se que era uma revolução no gênero de terror, principalmente por ser filmado em apenas um take. Eu fui um dos que ficou roendo as unhas para poder ver esta obra do cinema uruguaio, mas, ao conseguir assistir, constatei que o filme se destaca bem mais pela sua estética do que pela qualidade do que está sendo contado em tela.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Top 5 - Filmes sobre o 11 de setembro


Com os atentados que ocorreram em Boston na última semana, e com o assunto terrorismo em pauta novamente, resolvi fazer uma lista com cinco bons filmes envolvendo o 11 de setembro de 2001, que, para quem não sabe , foi o dia do ataque terrorista ao World Trade Center, cansando  a morte de mais de três mil pessoas, além de um outro ataque ao pentágono. Mesmo sendo recente, o assunto já foi retratado por uma boa quantidade de filmes, e aqui colocarei obras que considero indispensáveis:

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Análise: Sharasojyu (2003)

Direção: Naomi Kawase
Roteiro: Naomi Kawase
Elenco: Naomi Kawase, Kohei Fukungaga, Yuka Hyyoudo, Katsuhisa Nawase
Duração: 100 minutos
Gênero: Drama
Países: Japão
Idioma: Japonês
Resumo: Acompanhamos o cotidiano de uma família após o desaparecimento de uma criança




Não há sinopse que faça justiça ou descreva fielmente tudo o que se passa em Sharasojyu. Digo isso, pois, além de qualquer coisa, esta é uma obra que é muito mais para ser sentida do que entendida. O filme abre com dois irmãos, Shun e Kei, brincando e correndo pela rua, até que Kei acaba entrando em um beco e desaparece misteriosamente. 

terça-feira, 23 de abril de 2013

Análise: O Adversário (L'Adversaire, 2002)

Direção: Nicole Garcia
Roteiro: Nicole Garcia, Jacques Fieschi, Frédéric Bélier-Garcia
Elenco: Daniel Auteuil, Géraldine Pailhas, François Cluzet, Emmanuelle Devos, Alice Fauvet, Martin Jobert
Duração: 129 minutos
Gênero: Mistério / Drama
Países: França / Suiça / Espanha
Idioma: Francês
Resumo: Jean Marc Faure toma decisões drásticas após descobrirem que ele está vivendo uma mentira há 20 anos

As pessoas geralmente mentem por coisas pequenas. Falam que pagaram um preço por um produto, mas na verdade pagaram outro; falam que o despertador quebrou, mas quiseram dormir mais um pouco; falam que a comida estava boa, mas estava ruim. Essas atitudes são bem naturais para o ser humano. O Adversário, no entanto, mostra uma pessoa que mentiu por 20 anos de sua vida, e construiu todo seu círculo de amigos e uma família com base nesta mentira.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Análise: Nuit Noire (2005)

Direção: Olivier Smolders
Roteiro: Olivier Smolders
Elenco: Fabrice Rodriguez, Yves-Marie Ghanoua, Marie Lecomte
Duração: 90 minutos
Gênero: Suspense / Drama / Ficção Científica
Países: Bélgica
Idioma: Francês
Resumo: O taxidermista Oscar encontra uma mulher desconhecida em sua cama e resolve cuidar dela



Duas crianças em um palco, gêmeos idosos, uma cortina vermelha se abrindo e revelando um cenário de floresta e uma criança mutilada. Com essa abertura surreal, Nuit Noire já mostra a que veio, e essa é uma boa coisa, pois esse definitivamente não é um filme para todo mundo. E, por mais que eu odeie usar a expressão "não é para todo mundo", aqui ela se justifica pois desde o início o filme mostra que seguirá uma narrativa fantasiosa, visto que logo após mostrar esse sonho, descobrimos que quem está vendo tudo isso é um médico, que, através de um funil está olhando o que está se passando dentro da cabeça de Oscar (Fabrice Rodriguez). Este trabalha como taxidermista em um museu e se surpreende quando volta pra casa e encontra uma mulher (Yves-Marie Ghanoua) em sua cama. A partir daí, ele começa a cuidar dela e acontecimentos cada vez mais bizarros começam a se desenvolver.

domingo, 21 de abril de 2013

Top 5 - Fevereiro/2013

5º A Consequência do Amor (Le Conseguenze Dell'Amore, 2004) - dir. Paolo Sorrentino


Toni Servillo se destaca nesta obra ao interpretar Titta Di Girolamo, um homem que trabalha para a máfia e mora em um hotel. Ele tenta ao máximo evitar qualquer tipo de contato emocional com outras pessoas, levando uma vida totalmente sistemática. No entanto, ele quebra suas regras e acaba se apaixonando pela garçonete Sofia, o que acabava gerando consequências trágicas para a sua vida. O filme é o segundo da carreira de Paolo Sorrentino, um dos melhores cineastas italianos em atividade. A maneira utilizada pelo diretor para mostrar as características do personagem de Servillo é excelente, fazendo com que fiquemos presos a ele e ansiosos pelo seu destino.